Cancel Preloader

National Geographic Summit 2019

  • João Paulo Ramos
  • 30 Abr, 2019
  • 0 Comentários
  • 1 Min Read

Alunos do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio no National Geographic Summit 2019

No âmbito da disciplina de Geografia, seis alunos do Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio, vencedores do concurso Geógrafo/a do ano, tiveram como prémio a honra de participar num evento de relevância internacional, o National Geographic Summit 2019, nas instalações da Casa da Música, no passado dia 29 de abril, este ano dedicado ao tema “Plástico ou Planeta”.

A conferência contou com a presença de Brian Skerry, fotógrafo subaquático que trabalha há cerca de duas décadas para a revista e realiza cerca de oito a nove expedições anuais em águas inóspitas, geladas, capturando com a sua lente imagens que falam por si, contando histórias verdadeiramente inspiradoras. Lucy Hawkes, investigadora e ecologista fisiológica, falou sobre a perspetiva dos animais relativamente à poluição dos oceanos, e a capacidade atlética de alguns deles por si estudados capazes de percorrer até 700 km’s diários em migrações absolutamente fascinantes, algumas capazes de sobrevoarem o Everest com os seus 8848 metros. Paula Sobral, especialista em lixo marinho, abordou a questão dos microplásticos e a quantidade que actualmente vai diariamente parar aos oceanos e o seu verdadeiro impacto no ecossistema marinho, e por consequência, no circuito alimentar e na saúde humana. Jamie Butterworth marcou presença para falar sobre economia circular, demonstrado a capacidade de um produto bem pensado, desenhado e concebido, acrescentar valor para todos as partes intervenientes no seu circuito, ficando mais barato para o produtor e para o consumidor, consumindo menos recursos e evitando desperdícios. Claire Sancelot, ativista, vive sob o lema “desperdício zero” e demonstrou como no nosso quotidiano todos sabemos o que fazer para reduzir a nossa pegada ecológica evitando simultaneamente desperdício, mas por vezes esquecemos e não colocamos nenhum desses saberes em prática. Os exemplos, simples, da sua vivência pessoal em casa e no seu quotidiano social, foram apenas as inspirações finais que seguramente acompanharão os alunos para o resto das suas vidas.