Cancel Preloader

Encontro com escritores locais

  • João Paulo Ramos
  • 06 Mar, 2020
  • 0 Comentários
  • 1 Min Read

No dia 4 de março, inserida no conjunto de atividades promovidas na Semana da Leitura, a turma do 8.ºMC teve o privilégio de participar numa tertúlia com escritores esposendenses. José Gomes, Maranhão Peixoto e Penteado Neiva foram os escritores convidados pelos alunos para falarem um pouco dos seus livros e mesmo das suas próprias vidas.

Como é possível, em apenas duas horas, aprendermos tanto com três pessoas? Aprendemos que não devemos desistir do que gostamos de fazer. Aprendemos, também, que se gostamos muito de fazer uma coisa, devemos fazer sem esperar nada em troca.

Falamos, também, de palavras que só se usam na nossa região como, por exemplo, “até ao cutulo”, que significa “muito cheio”, “estonar”, o mesmo que “descascar” e “transontem”, cujo significado é o mesmo que «há muito tempo».

Em suma, foram duas horas enriquecedoras para nós alunos, e um momento bem passado, em que partilhámos ideias com os ilustres convidados, aumentando assim a nossa cultura.

 


Partilhamos, abaixo, o Diário dos convidados:

José Gomes

A manhã acordou com um cinzento suave, mas intenso. O sol, mesmo sendo o rei, decidiu-se pela não imposição aos seus súbditos, passando o dia com o sorriso escondido.

Quando a manhã deste dia apenas contava nove horas, eu, e os monografistas Penteado Neiva e Maranhão Peixoto, entramos na EB António Rodrigues Sampaio, nas Marinhas para darmos vida a uma tertúlia sobre livros e o pão que deles brota. Nós, os três escritores, mais os docentes Augusta Almeida e o Jorge Cardoso, mais um quarteirão de alunos empenhadíssimos em dar guita à conversa, passamos uns momentos num quarteirão aconchegante que é a biblioteca, onde o tempo acrescentou a si próprio cento e vinte minutos. A conversa foi tão agradável e profícua, que decorreu tão rápido como a queda de um trovão, que se apresenta em leque de figuras, em caixas de música.

 

Penteado Neiva